Evangelho - São Mateus 3,13-17

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 3,13-17

Naquele tempo:
Jesus veio da Galiléia para o rio Jordão,
a fim de se encontrar com João e ser batizado por ele.
Mas João protestou, dizendo:
'Eu preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?'
Jesus, porém, respondeu-lhe:
'Por enquanto deixa como está,
porque nós devemos cumprir toda a justiça!'
E João concordou.
Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água.
Então o céu se abriu e Jesus viu o Espírito de Deus,
descendo como pomba e vindo pousar sobre ele.
E do céu veio uma voz que dizia:
'Este é o meu Filho amado,
no qual eu pus o meu agrado'.

PALAVRAS DO SANTO PADRE

Nós muitas vezes rezamos a Jesus; rezamos ao Pai, especialmente com o «Pai Nosso»; mas não rezamos com tanta frequência ao Espírito Santo, é verdade? É o esquecido. E precisamos de pedir a sua ajuda, a sua fortaleza, a sua inspiração. O Espírito Santo que animou inteiramente a vida e o ministério de Jesus, é o mesmo Espírito que guia hoje a existência cristã, a existência de um homem e de uma mulher que se dizem e querem ser cristãos. Pôr sob a acção do Espírito Santo a nossa vida de cristãos e a missão, que todos recebemos em virtude do Baptismo, significa reencontrar a coragem apostólica necessária para superar fáceis comodidades mundanas. (Angelus, 11 de Janeiro de 2015)

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia/2020/01/12.html

Postar Comentário

CAPTCHA security code