Firmes na Missão

Estou chegando de Gaming, na Áustria, onde participei do Conselho Plenário da Ordem e já estou me preparando para receber o nosso Ministro Geral que vem fazer uma visita fraterna. O Conselho Plenário nos ajudou a fazer uma introspecção de cada província da Ordem: o que vivemos, as dificuldades que temos, as perspectivas de um futuro que deve ser melhor. Para o diálogo, contamos com dois tradutores: um em inglês e o outro em italiano. Foi realmente muito produtivo, para podermos olhar para frente e não ficar desanimados frente à tantas dificuldades que percebemos a cada instante neste nosso mundo que quer deixar Deus de lado. É muito importante quando numa família os pais refletem para incentivar os filhos a fazerem igual. Às vésperas da nossa segunda reunião do Conselho Provincial, o que eu gostaria de ver, de transformar, de incentivar? Como provincial, percebo que muitos ainda se fecham em si mesmos e esquecem que cada um é responsável pelo bem estar de todos. O que estou fazendo para incentivar a promoção vocacional? Alguns estão doentes; o que estão fazendo para melhorar? Esquecemos também que a nossa primeira missão é aquela que nos foi entregue. Quantas vezes colocamos de lado esta missão e nos deixamos levar por algo mais atrativo, dando mais trabalho aos nossos irmãos? Não podemos deixar o convento sem a devida permissão  e nem o país sem o consentimento do Provincial. Vamos ser mais família, pensando sempre em aliviar o nosso irmão. Que o Espírito Santo que vamos festejar, nos ilumine e nos fortifique no Amor.   Frei Alain Hévin, TOR Ministro Provincial

Postar Comentário

CAPTCHA security code