Historinha da Semana - A menina que queria conhecer o céu

(Lâminas deverão seguir a proposta ao lado. Deverão ser confeccionadas somente em sombras, para que o retro possa projetá-las. As imagens de sombras ajudam quem não tem habilidades para desenhar, pois podem ser copiadas de livros). Gente, como vocês viram Maria conseguiu encontrar o céu pela sua bondade. E nós? Como é que iremos alcançar o céu para podermos sentar bem pertinho de nossa mãezinha querida? Acho que me lembrei de uma historinha de uma menina que queria conhecer o céu, vamos ouvi-la? Existia uma menina muito linda Que tinha um grande desejo                     menina e o cenário Queria conhecer o céu Queria estar naquele lugar Queria ver Jesus, seu amigo. Queria com Deus poder estar Só não sabia como lá chegar Quem sabe se ficasse bem alta?        Menina voar, idéia.  Ou, quem sabe voar? Para o céu encontrar? Mas como poderia pobre menina Se não sabia voar?                              Menina pular  Não podia erguer do chão Mal saia do lugar Pensou em subir na escada!!! Pensou ficar bem alta!!!                             Escada Mas, por mais que subisse. Notava que não dava certo Sua invencionice Mas um dia, Quando estava a meditar Ouviu do vento amigo                              menina e vento Uma nova forma, De o céu encontrar Soprando fininho Bem em seu ouvidinho Disse a menina                                         menina  Que era só fechar os olhinhos E imaginar e imaginar Que tudo que ela imaginasse Ela poderia se transformar Bem, a menina então. Como queria o céu conhecer Imaginou ser uma pipa                  menina, idéia, transformando.  Pra voar pelo céu E a Deus poder ver Contudo, achou que seria difícil. Mas não desistiu E fez tanto esforço Um esforço tão grande                                   pipa  Que pra surpresa de todos Virou uma pipa gigante... E pelo ar subiu... subiu Voando pelo imenso anil Mas veio um vento forte Soprando de sul a norte                     kabrum A pipa não agüentou E toda se rasgou A menina como era muito inteligente Pensou logo em seu problema resolver Ficou imaginando o que queria ser                   menina e balão Era fácil, estava à mão. Transformou-se num balão E pelo ar foi subindo Colorido, lindo Achando ser o tal Mas quando o ar ficou quente                               fogo Buuummm!! Foi um estouro fatal. Lá se foi o balãozinho Pro chão afinal Tão logo chegou ao solo Quis nuvem se tornar                         menina e nuvem No modelo de algodão Bem fofinho a flutuar Lá em cima Bailando sem parar Achou a menina Que no céu iria chegar Iria ver Jesus Poder a ele abraçar Poder dizer de seu amor Poder com ele ficar Mas sem que percebesse A nuvem foi se desfazendo Foi ficando fininha... Fininha Até se tornar uma tirinha Pobre menininha!!! Tão pequenina Mas de uma coragem gigante Quis tentar de novo                           menina, sol e fogo. Em sol se tornou Mas como era muito quente Logo desanimou Virou estrela... Tão bonita Tão brilhante! Talvez do céu a mais elegante       estrela parada só brilha Mas nada de voar Ficava ali parada Sem sair do lugar Pensou em ser foguete Quem sabe ser um cometa? Com cauda de luz e tudo... Cortando ligeiro o ar Até o céu alcançar Mas como cometa                         foguete, cometa. Não tem destino Gosta só de vagar Não tem lugar certo Não sabe onde parar Então a menina triste Pôs-se a chorar Nunca... Nunca o céu poderia alcançar         menina, igreja e o padre. Foi quando lembrou da igreja Das palavras do padre no altar _ Se quer conhecer a Cristo Seu coração tem que mudar Então a menina Começou a pensar Pensou e pensou tanto Que se transformou em coração                    menina, idéia coração feio. Enxergou tanta sujeira Tanto peso, tanto pecado. Que agora compreendia Porque ela nunca subia Com as palavras santas do padre Seu coração quis mudar Retirando toda sujeira                                    padre  Colocando bondade e amor no lugar E aquela menina linda Que tanto sonhava o céu conhecer Pode sentir-se leve Com um coração de asas                  coração e menina Pronto para de Deus Receber as suas graças E como pássaro livre Pelo céu a voar                                        pássaro  Teve então a sensação De finalmente o céu encontrar Então... Esteve com Deus Nos braços do Pai                           mão, menina. Sentiu que ali era o céu E em sua mão de seda A menina se entregou No seu carinho de pai A menina aconchegou                        amor  Sua mão poderosa a embalou Fazendo-a sentir Que nas mãos do Senhor Só existe amor!!!

Postar Comentário

CAPTCHA security code