Santo do dia - Santos Rufo e Zózimo

Segundo o Martirológico Romano Rufo e Zózimo estiveram entre os discípulos que fundaram a primitiva Igreja de Filipos, entre os judeus e os gregos. Eles pertenciam ao número dos discípulos do Senhor.

Filipos era cidade célebre da Macedônia, nos limites com a Trácia. A composição étnica da comunidade cristã era majoritariamente ex-pagã, enquanto os provenientes do judaísmo eram minoria. O cristianismo fora levado aos filipenses pelo próprio São Paulo. Era a primeira comunidade por ele fundada em solo europeu, e talvez também por isso a comunidade dos filipenses esteve sempre mais perto do seu coração, como mostram as várias expressões da carta que São Paulo lhes escreveu da prisão romana, ou com maior probabilidade de uma prisão de Éfeso.

Conta-se que esses dois mártires estavam na companhia de São Paulo e Santo Inácio quando fundaram a primitiva Igreja entre os judeus e gregos, em Filipos, na Macedônia. Nada mais sabemos de suas biografias.

São Policarpo, passando por Filipos, a caminho do martírio, assim exortou os cristãos daquela comunidade: “Exorto-vos a buscar a paciência, virtude que tendes visto em Rufo e Zózimo e nos outros apóstolos. Estejam certos que eles não têm corrido em vão, mas na justiça acompanham os passos de Senhor Jesus. Eles não amam o século presente, mas somente aquele que por nós morreu e ressuscitou”.

São Rufo e Zózimo provavelmente sofreram martírio entre o ano de 107 e o ano 118, em Filipos, na Macedônia.

Colaboração: Padre Evaldo César de Souza, CSsR

 

 REFLEXÃO Começar nem sempre é fácil. É preciso ter ousadia e coragem para dar os primeiros passos e avançar rumo aos nossos objetivos. Assim aconteceu com a Igreja. Foi a ousadia dos apóstolos e dos seus sucessores que possibilitou o crescimento da Igreja e a expansão da fé. Os santos de hoje, Rufo e Zózimo, foram dois grandes apaixonados pela fé em Cristo Jesus e por ele doaram suas vidas, abraçando o martírio. Esse gesto extremo de fidelidade os colocou na glória dos santos. Quando celebramos santos mártires nós somos convidados a olhar nossa própria vida e perceber qual o grau de nossa fidelidade ao projeto de Jesus. Será que estamos realmente comprometidos com a construção do Reino de Deus?

ORAÇÃO Senhor, pelos méritos de São Rufo e São Zózimo, nós vos pedimos a graça do entendimento de que nessa vida somos peregrinos rumo ao céu. Tomai-nos pela mão e conduzi-nos, iluminai nossos caminhos. Abençoa nossas famílias, nosso trabalho, nossa caminhada espiritual. Que saibamos, em todas as nossas atividades, viver na humildade, simplicidade e caridade. Por Cristo nosso Senhor. Amém!

Fonte: http://www.a12.com/reze-no-santuario/deus-conosco

Postar Comentário

CAPTCHA security code