Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 13,1-9

3 outubro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0

Naquele tempo, vieram algumas pessoas
trazendo notícias a Jesus
a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado,
misturando seu sangue com o dos sacrifícios que
ofereciam.
Jesus lhes respondeu:
‘Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores
do que todos os outros galileus,
por terem sofrido tal coisa?
Eu vos digo que não.
Mas se vós não vos converterdes,
ireis morrer todos do mesmo modo.
E aqueles dezoito que morreram,
quando a torre de Siloé caiu sobre eles?
Pensais que eram mais culpados
do que todos os outros moradores de Jerusalém?
Eu vos digo que não.
Mas, se não vos converterdes,
ireis morrer todos do mesmo modo.’
E Jesus contou esta parábola:
‘Certo homem tinha uma figueira
plantada na sua vinha.
Foi até ela procurar figos e não encontrou.
Então disse ao vinhateiro:
‘Já faz três anos que venho procurando figos nesta
figueira e nada encontro.
Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?’
Ele, porém, respondeu:
‘Senhor, deixa a figueira ainda este ano.
Vou cavar em volta dela e colocar adubo.
9Pode ser que venha a dar fruto.
Se não der, então tu a cortarás.’

PALAVRAS DO SANTO PADRE
O Evangelho recorda que aqueles setenta e dois voltaram das respectivas missões cheios de alegria, porque tinham experimentado o poder do Nome de Cristo contra o mal. E Jesus confirma-o: àqueles discípulos, Ele concede a força para derrotar o Maligno. Mas acrescenta: “Contudo, não vos alegreis porque os espíritos vos estão sujeitos, mas alegrai-vos porque os vossos nomes estão inscritos nos céus” (Lc10, 20). Não devemos vangloriar-nos, como se fôssemos os protagonistas: um só é o protagonista: o Senhor! Estimados amigos, a alegria! Não tenhais medo de ser alegres! Não receeis o júbilo! Aquela alegria que o Senhor nos concede, quando o deixamos entrar na nossa vida, quando permitimos que Ele entre na nossa vida e nos convide a sair de nós mesmos para ir às periferias da vida e anunciar o Evangelho. (Angelus, 7 de julho de 2013)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *