Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10,17-22

26 dezembro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0

Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos:
“Cuidado com os homens,
porque eles vos entregarão aos tribunais
e vos açoitarão nas suas sinagogas.
Vós sereis levados
diante de governadores e reis, por minha causa,
para dar testemunho diante deles e das nações.
Quando vos entregarem,
não fiqueis preocupados como falar ou o que dizer.
Então naquele momento
vos será indicado o que deveis dizer.
Com efeito, não sereis vós que havereis de falar,
mas sim o Espírito do vosso Pai
é que falará através de vós.
O irmão entregará à morte o próprio irmão;
o pai entregará o filho;
os filhos se levantarão contra seus pais,
e os matarão.
Vós sereis odiados por todos,
por causa do meu nome.
Mas quem perseverar até o fim,
esse será salvo”.

PALAVRAS DO SANTO PADRE
Celebra-se hoje a festa de Santo Estêvão, primeiro mártir. Na atmosfera alegre do Natal, esta memória do primeiro cristão morto pela sua fé poderia parecer inapropriada. Contudo, precisamente na perspetiva da fé, a celebração de hoje está em sintonia com o verdadeiro significado do Natal. Com efeito, no martírio de Estêvão a violência é derrotada pelo amor, a morte pela vida: na hora do testemunho supremo, ele contempla os céus abertos e concede o perdão aos perseguidores (cf. v. 60). (Angelus 26 de dezembro de 2019)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia/2020/12/26.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *