Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9,9-13

21 setembro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Naquele tempo:
Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus,
sentado na coletoria de impostos,
e disse-lhe: ‘Segue-me!’
Ele se levantou e seguiu a Jesus.
Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus,
vieram muitos cobradores de impostos e pecadores
e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos
discípulos: ‘Por que vosso mestre come
com os cobradores de impostos e pecadores?’
Jesus ouviu a pergunta e respondeu:
‘Aqueles que têm saúde nóo precisam de médico,
mas sim os doentes.
Aprendei, pois, o que significa:
`Quero misericórdia e não sacrifício’.
De fato, eu não vim para chamar os justos,
mas os pecadores’.
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
Memória. Memória de quê? Daqueles fatos! Daquele encontro com Jesus que mudou minha vida! Que teve misericórdia! Quem foi tão bom para mim e também me disse: “Convide seus amigos pecadores, porque estamos dando uma festa”. Essa memória dá força a Mateus e a todos eles para ir adiante. O Senhor mudou minha vida! Eu conheci o Senhor! Lembre-se sempre. É como soprar sobre as brasas dessa memória, não é? Soprando para manter o fogo, sempre. (Santa Marta 5 de julho de 2013)
Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html
foto: nathan-dumlao-p3y6Zw6ydWQ-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *