Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,5-13

8 outubro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
E Jesus acrescentou:
‘Se um de vós tiver um amigo
e for procurá-lo à meia-noite e lhe disser:
‘Amigo, empresta-me três pães,
6porque um amigo meu chegou de viagem
e nada tenho para lhe oferecer’,
e se o outro responder lá de dentro:
‘Não me incomoda! Já tranquei a porta,
e meus filhos e eu já estamos deitados;
não me posso levantar para te dar os pães’;
eu vos declaro:
mesmo que o outro não se levante
para dá-los porque é seu amigo,
vai levantar-se ao menos por causa da impertinência dele
e lhe dará quanto for necessário.
Portanto, eu vos digo:
pedi e recebereis; procurai e encontrareis;
batei e vos será aberto.
10Pois quem pede, recebe; quem procura, encontra;
e, para quem bate, se abrirá.
Será que algum de vós que é pai,
se o filho pedir um peixe, lhe dará uma cobra?
Ou ainda, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
Ora, se vós que sois maus,
sabeis dar coisas boas aos vossos filhos,
quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo
aos que o pedirem! ‘
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
O Senhor nos disse: “Pedi e ser-vos-á dado”. Tomemos também esta palavra e tenhamos confiança, mas sempre com fé e pondo-nos em jogo. E esta é a coragem que tem a oração cristã: se uma oração não for corajosa não será cristã. (Santa Marta 12 de janeiro de 2018)
Fonte: https://www.vaticannews.va/pt.html
Imagem: joel-muniz-W4pA1U8qYcE-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *