Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 12,35-38

20 outubro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas.
Sede como homens que estão esperando
seu senhor voltar de uma festa de casamento,
para lhe abrir em, imediatamente, a porta,
logo que ele chegar e bater.
Felizes os empregados que o senhor
encontrar acordados quando chegar.
Em verdade eu vos digo:
Ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa
e, passando, os servirá.
E caso ele chegue à meia-noite ou às três da madrugada,
felizes serão, se assim os encontrar!

PALAVRAS DO SANTO PADRE
“E podemos nos fazer a pergunta: ‘Eu vigio a mim mesmo, o meu coração, os meus sentimentos, os meus pensamentos? Sou guardião do tesouro da graça? Eu guardo em mim a presença do Espírito Santo? Ou eu deixo tudo assim mesmo, pois acho que está tudo bem?’. Mas se tu não vigias, vem aquele que é mais forte de ti. Mas se vem alguém mais forte que ele e ele ganha, arranca-lhe as armas em que confiava e divide os despojos. Vigilância! Vigilância sobre nossos corações, pois o diabo é astuto. Nunca é expulso para sempre, e só o será no último dia!”. (Santa Marta 11 de outubro de 2013)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *