Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 13,18-21

27 outubro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Naquele tempo:
Jesus dizia:
‘A que é semelhante o Reino de Deus,
e com que poderei compará-lo?
Ele é como a semente de mostarda,
que um homem pega e atira no seu jardim.
A semente cresce, torna-se uma grande árvore,
e as aves do céu fazem ninhos nos seus ramos.’
Jesus disse ainda:
‘Com que poderei ainda comparar o Reino de Deus?
Ele é como o fermento que uma mulher pega
e mistura com três porções de farinha,
até que tudo fique fermentado.’
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
Jesus compara o Reino de Deus com um pequeno grão de mostarda. É uma semente muito pequenina, mas desenvolve-se tanto que se torna a maior de todas as plantas da horta: um crescimento imprevisível, surpreendente. Não é fácil para nós entrar nesta lógica da imprevisibilidade de Deus e aceitá-la na nossa vida. Mas hoje o Senhor exorta-nos a ter uma atitude de fé que supera os nossos projetos. Deus é sempre o Deus das surpresas. Nas nossas comunidades é preciso prestar atenção às pequenas e grandes ocasiões de bem que o Senhor nos oferece, deixando-nos envolver nas suas dinâmicas de amor, de acolhimento e de misericórdia para com todos. (ANGELUS 17 de junho de 2018)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *