Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 5,33-39

4 setembro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Naquele tempo:
Os fariseus e os mestres da Lei disseram a Jesus:
‘Os discípulos de João,
e também os discípulos dos fariseus,
jejuam com freqüência e fazem orações.
Mas os teus discípulos comem e bebem.’
Jesus, porém, lhes disse:
‘Os convidados de um casamento podem fazer jejum
enquanto o noivo está com eles?
Mas dias virão em que o noivo será tirado do meio deles.
Então, naqueles dias, eles jejuarão.’
Jesus contou-lhes ainda uma parábola:
‘Ninguém tira retalho de roupa nova
para fazer remendo em roupa velha;
senão vai rasgar a roupa nova,
e o retalho novo não combinará com a roupa velha.
Ninguém coloca vinho novo em odres velhos;
porque, senão, o vinho novo
arrebenta os odres velhos e se derrama;
e os odres se perdem.
Vinho novo deve ser colocado em odres novos.
E ninguém, depois de beber vinho velho,
deseja vinho novo;
porque diz: o velho é melhor.’
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
Seremos sempre tentados a lançar esta novidade do Evangelho, este novo vinho em atitudes antigas… É pecado, somos todos pecadores. Mas reconheça: “Isto é um pecado”. Não diga que isso combina com isso. Não! Os vinhos velhos não podem trazer vinho novo. É a novidade do Evangelho. E se temos algo que não é d’Ele, arrependa-se, peça perdão e siga em frente. Que o Senhor nos dê a todos a graça de ter sempre esta alegria, como se estivéssemos nos casando. E também ter esta fidelidade que é o único noivo é o Senhor”. (Santa Marta 6 de setembro de 2013)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html
Foto: james-coleman-0Ijy_J_Gges-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *