Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6,20-26

9 setembro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6,20-26
 
Naquele tempo:
Jesus levantando os olhos para os seus discípulos, disse:
‘Bem-aventurados vós, os pobres,
porque vosso é o Reino de Deus!
Bem-aventurados, vós que agora tendes fome,
porque sereis saciados!
Bem-aventurados vós, que agora chorais,
porque havereis de rir!
Bem-aventurados, sereis quando os homens vos odiarem,
vos expulsarem, vos insultarem
e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!
Alegrai-vos, nesse dia, e exultai
pois será grande a vossa recompensa no céu;
porque era assim
que os antepassados deles tratavam os profetas.
Mas, ai de vós, ricos,
porque já tendes vossa consolação!
Ai de vós, que agora tendes fartura,
porque passareis fome!
Ai de vós, que agora rides,
porque tereis luto e lágrimas!
Ai de vós quando todos vos elogiam!
Era assim que os antepassados deles
tratavam os falsos profetas.
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
O pobre em espírito é o cristão que não confia em si mesmo, nas riquezas materiais, não se obstina nas suas opiniões pessoais, mas escuta com respeito e aceita de bom grado as decisões de outros. Se nas nossas comunidades existissem mais pobres em espírito, haveria menos divisões, contrastes e polémicas! A humildade, como a caridade, é uma virtude essencial para a convivência nas comunidades cristãs. Os pobres, nesse sentido evangélico, parecem-se com aqueles que mantêm viva a meta do Reino dos céus, fazendo entrever que este é antecipado de forma germinal na comunidade fraterna, que à posse privilegia a partilha. (Angelus 29 de janeiro de 2017)
Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia/2020/09/09.html
Foto: jonathan-sanchez-Sj9eF8jWx-k-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *