Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9,43b-45

26 setembro 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0
Naquele tempo:
Todos estavam admirados
com todas as coisas que Jesus fazia.
Então Jesus disse a seus discípulos:
‘Prestai bem atenção às palavras que vou dizer:
O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens.’
Mas os discípulos não compreendiam o que Jesus dizia.
O sentido lhes ficava escondido,
de modo que não podiam entender;
e eles tinham medo de fazer perguntas sobre o assunto.
 
PALAVRAS DO SANTO PADRE
“Talvez pensemos, cada um de nós pode pensar: ‘E quanto a mim, o que vai acontecer comigo? Como será minha Cruz? Não sabemos. Não sabemos, mas virá! Devemos pedir a graça de não fugir da Cruz quando ela chegar: com medo, eh! Isso é verdade. Isso nos assusta. Muito próxima de Jesus, na Cruz, estava sua mãe, sua mãezinha. Talvez hoje, no dia em que rezamos para ela, seja bom pedir-lhe a graça, não de tirar o medo – que este deve vir, o temor da Cruz… – mas a graça de não nos assustar e fugir da Cruz. Ela estava lá e sabe como se deve ficar perto da Cruz”. (Santa Marta 28 de setembro de 2013)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia/2020/09/26.html
priscilla-du-preez-x_jAYPjskYI-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *