Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 12,46-50

21 julho 2020
Categoria
Notícias
Comentários  0

 

Naquele tempo:
Enquanto Jesus estava falando às multidões,
sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora,
procurando falar com ele.
Alguém disse a Jesus:
‘Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora,
e querem falar contigo.’
Jesus perguntou àquele que tinha falado:
‘Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?’
E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse:
‘Eis minha mãe e meus irmãos.
Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai,
que está nos céus,
esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.’

PALAVRAS DO SANTO PADRE

Jesus formou uma nova família, já não baseada nos vínculos de sangue, mas na fé n’Ele, no seu amor que nos acolhe e nos une, no Espírito Santo. Todos aqueles que acolherem a palavra de Jesus são filhos de Deus e irmãos entre si. Acolher a palavra de Jesus torna-nos irmãos entre nós, faz de nós a família de Jesus. Falar mal dos outros, destruir a fama dos outros, torna-nos a família do diabo. Aquela resposta de Jesus não é uma falta de respeito para com a sua mãe e os seus familiares. Aliás, para Maria é o maior reconhecimento, pois precisamente ela é a discípula perfeita que obedeceu em tudo à vontade de Deus. Angelus 10 de junho de 2018

https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia/2020/07/21.html

Foto:james-coleman-K1ARksf-lGg-unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *