Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 24,42-51

27 agosto 2020
Categoria
Liturgia diária
Comentários  0

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 24,42-51

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos:
Ficai atentos!
porque não sabeis em que dia virá o Senhor.
Compreendei bem isso:
se o dono da casa soubesse a que horas viria o ladrão,
certamente vigiaria e não deixaria
que a sua casa fosse arrombada.
Por isso, também vós ficai preparados!
Porque na hora em que menos pensais,
o Filho do Homem virá.
Qual é o empregado fiel e prudente,
que o senhor colocou como responsável pelos demais empregados,
para lhes dar alimento na hora certa?
Feliz o empregado,
cujo senhor o encontrar agindo assim, quando voltar.
Em verdade vos digo,
ele lhe confiará a administração de todos os seus bens.
Mas, se o empregado mau pensar:
‘Meu senhor está demorando’,
e começar a bater nos companheiros,
a comer e a beber com os bêbados;
então o senhor desse empregado
virá no dia em que ele não espera,
e na hora que ele não sabe.
Ele o partirá ao meio e lhe imporá a sorte dos hipócritas.
Ali haverá choro e ranger de dentes.

PALAVRAS DO SANTO PADRE
“Vigiar significa compreender o que acontece no meu coração, significa parar um pouco e examinar a minha vida. Sou cristão? Educo mais ou menos bem os meus filhos? A minha vida é cristã ou mundana? Como posso entender isto? É a mesma receita de Paulo: olhar para Cristo crucificado. De fato, assim compreende-se onde está a mundanidade que só se destrói diante da cruz do Senhor. Precisamente esta é a finalidade do Crucifixo diante de nós: não é um ornamento mas é o que nos salva deste encanto, destas seduções que te conduzem à mundanidade”. (Santa Marta 13 de outubro de 2017)
https://www.vaticannews.va/pt/palavra-do-dia.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *